STJ - Médico que negligenciou preenchimento de prontuário. Danos a recém-nascido. Condenação.


A condenação do médico se deu em função de negligência ou omissão do profissional no preenchimento do prontuário médico, que deveria conter anotações detalhadas sobre o estado do feto e da mãe em trabalho de parto, mas que foi acrescido somente do horário de recebimento da paciente e do início do procedimento cirúrgico. Ausentes os cuidados com a saúde dos envolvidos, complicações no parto resultaram em sequelas neurológicas irreversíveis no bebê.


Para mais informações:

https://www.stj.jus.br/sites/portalp/Paginas/Comunicacao/Noticias/29072021-Mantida-condenacao-de-medico-que-negligenciou-preenchimento-de-prontuario-de-gestante.aspx


Fonte da imagem: Omar Lopez em Unsplash

 
 

Publicações recentes