STF – Declarada a inconstitucionalidade de dispositivos da Lei Complementar estadual 472/2009 SC.

Por maioria de votos, o STF declarou inconstitucional lei catarinense que autorizava o porte de armas a agentes penitenciários inativos. A decisão foi prolatada nos autos da Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADI) 5359 e considerou que norma invadiu competência privativa da União. Como relator, o ministr Edson Fachin, seguido pelas ministras Rosa Weber e Cármen Lúcia e pelos ministros Ricardo Lewandowski, Marco Aurélio e Dias Toffoli. Restaram vencidos os ministros Alexandre de Moraes, Luís Roberto Barroso, Luiz Fux, Gilmar Mendes e Nunes Marques. De acordo com o ministro Alexandre de Moraes, que votou pela improcedência do pedido, “não há inconstitucionalidade no caso, pois prevalece a competência legislativa concorrente da União e dos estados para legislar sobre segurança pública”. Para mais informações: http://portal.stf.jus.br/noticias/verNoticiaDetalhe.asp?idConteudo=461898&ori=1

colaboradores

fenômenos_aprendizagem.png

redes sociais

  • YouTube
  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram

contato