Adultério – Dano moral não configurado

O adultério, desacompanhado de consequência maléfica extraordinária, por si só não configura dano moral passível de ressarcimento. Confira a decisão na íntegra:

Adultério – Dano moral não configurado